Nova versão do Guia 19/2019 para Coleta, Acondicionamento, Transporte, Recepção e Destinação de Amostras para Análises Laboratoriais no Âmbito do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, entrou em vigência em dezembro de 2019 e tem como objetivo padronizar e reduzir a quantidade de amostras rejeitadas pelos laboratórios.

Entre as principais exigências da Anvisa está o cuidado com as embalagens, que são fundamentais para manter a integridade e as condições da mercadoria. E, também, os produtos perecíveis, que precisam de uma atenção especial para chegar ao consumidor final sem oscilações que afetem a qualidade. Destacamos os principais pontos desses dois tópicos a seguir.

Materiais utilizados na coleta de amostras – Embalagens

Embalagens isotérmicas podem ser revestidas com material plástico para facilitar a limpeza e, sempre que possível, devem ser providas de termômetro de haste para facilitar a leitura da temperatura interna.

Produtos com características ou em circunstâncias especiais – Produto perecível

Coletar amostra única, com exceção de produtos comercializados congelados, que podem ser coletados em triplicata;

▪ Verificar a temperatura no momento da coleta e anotar no TCA;

▪ Acondicionar as amostras em caixas isotérmicas com gelo reaproveitável, quando necessário; ▪ No caso de produtos congelados, recomenda-se uso de gelo seco, evitando o contato direto deste com o produto, ou uso de gelo suficiente para manter a integridade da amostra;

Soluções do Grupo Polar para atender as exigências do Guia 19/2019:

Agora que você já sabe os requisitos exigidos pela legislação, confira alguns recursos que podem te auxiliar neste processo de adequação na prática:

Hemo Safe: Desenvolvida para o transporte refrigerado de hemoderivados, materiais biológicos e reagentes químicos, a Hemo Safe atende a todos os requisitos da categoria Espécie Humana da RDC nº 20/2014. Ela é revestida de material plástico, pode ser limpada facilmente e possui termômetro para a facilitar a leitura da temperatura interna.


O Super Cold é o primeiro PCM em espuma brasileiro e foi desenvolvido para ter estabilidade térmica em faixas negativas de temperatura. Produzido a partir da espuma do Ice Foam®, alcança até – 80ºC e dependendo da temperatura de congelamento, pode substituir o gelo seco. Além de ser atóxico, biodegradável e não prejudicial à saúde.

Embora a adequação não seja obrigatória, o Guia 19/2019 visa melhorar as opções e maneiras que as empresas realizam seus procedimentos, rotinas e métodos. Além disso, é uma forma de manter a integridade de medicamentos ou materiais biológicos, promovendo por meio disso o controle e regulamentação dos serviços

Essas e outras soluções estão disponíveis em nosso catálogo de produtos. Converse conosco para entender qual a melhor opção para a sua empresa através do e-mail: vendas@polartecnica.com.br ou através da loja virtual www.polarstore.com.br.

Fontes: Grupo Polar e Anvisa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here